Books read

Leticia's books

To Kill a Mockingbird
The Catcher in the Rye
The Great Gatsby
Of Mice and Men
Animal Farm
One Hundred Years of Solitude
Lord of the Flies
Romeo and Juliet
Little Women
A Tale of Two Cities
Frankenstein
The Count of Monte Cristo
The Secret Life of Bees
The Memory Keeper's Daughter
The Joy Luck Club
The Da Vinci Code
The Kite Runner
The Shining
The Silence of the Lambs
The Bourne Identity


Leticia's favorite books »

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Aventuras gastronômicas de janeiro, parte 2

Alegria padaria brasileira - Fomos comer feijoada no primeiro sábado no qual ela foi servida. É no Paraíso, na rua Rafael de Barros, tinha lugar facinho pra estacionar perto e a padaria é a definição de fofurice. Pra ser completamente honesta, a feijoada demorou bastante, porque chegamos cedo (12:15), já que o nosso casal de amigos tinha hora pra ir embora, e eles ainda estavam servindo café da manhã, começaram com o papo de 'mais dez minutos' e começaram de verdade a servir às 13:00. Na verdade a atendente era bem mal humorada, cheia de 'já vejo pra vocês quando acabar aqui' durante todo o processo, mas acho que era só ela (a menina da padaria lá de baixo era uma fofa, e por conta do entusiasmo dela eu levei uns quarenta pães diferentes; o de banana era uma delícia). A feijoada é uma delícia, assim como os acompanhamentos, a apresentação dos pratos, e a sobremesa (o negrito, que foi um dos escolhidos, era de comer de joelhos). Achei um pouco caro (R$46,80 o buffet de feijoada, o que leva a conta pra 90,00 com café, sobremesa e/ou bebida e serviço) prum almoço de sábado, mas vale pra quem gosta bastante de feijoada. E pretendo voltar pra tentar o café da manhã, que parece muito gostoso. Além disso, meninas solteiras, o dono é um pedaço de mau caminho (e, ao contrário dessa frase, nasceu nos últimos 40 anos).

Meats - O site oficial é http://www.restaurantemeats.com.br/, mas você encontra fotos das maravilhas carnívoras aqui. Absolutamente imperdível pra quem gosta de hamburguer. Fomos numa sexta, já meio cheio, e voltamos rolando pro trabalho.

Meat choppers - e aí a gente tentou ir ao Meats e estava cheio, então atravessamos a rua e descemos ao Meat choppers. Melhor incidente da semana! Eu comi o Butter burger, as meninas tentaram o House, o veggie e o com salada. Todos muitíssimo aprovados, e se não fossem, a mostarda da casa e a maionese especial já teriam ajudado muito. (são em torno de R$25,00) Tomamos pink e fresh lemonade (com frutas vermelhas e limões sicilianos) e estavam ótimas, a atendente foi uma fofa e o cheesecake, numa fatia bem generosa, completou a alegria com chave de ouro. Pros que não iam voltar pro trabalho, ainda tinha a cerveja de Munique, a Paulaner. Tá bom ou quer mais? Apaixonei.

Baruk - Fomos pra Minas no fim de semana e na volta passamos pela Bandeirantes, aí alguém perguntou "Podíamos almoçar, hein, onde?" e eu TIVE de dizer Baruk. O melhor rodízio árabe, me acabei na esfiha maravilhosa marguerita e no tabule e na (no?) kafta e no sorvete de canela com nozes. Melhor ainda, eu tinha cartão fidelidade porque íamos bastante lá quando trabalhava ali do lado e não paguei um dos rodízios (R$ 34,90, coma até morrer).

Rosmarino -  almoço com meu amigo em dia de trabalho. Lugar é lindo, tem um jardim delicioso no fundo. Serviço impecável, buffet gostoso, creme brulée adorável. Preço bem desagradável pra fazer disso o hábito que eu gostaria (nossa conta ficou em R$ 70,00 cada), mas valeu conhecer.

Trilha sonora do dia: Nothing else matters, do Metallica (conhece a expressão oldie but goldie? tipo, o bom que nunca fica velho, rs!)

Nenhum comentário:

Postar um comentário