Books read

Leticia's books

To Kill a Mockingbird
The Catcher in the Rye
The Great Gatsby
Of Mice and Men
Animal Farm
One Hundred Years of Solitude
Lord of the Flies
Romeo and Juliet
Little Women
A Tale of Two Cities
Frankenstein
The Count of Monte Cristo
The Secret Life of Bees
The Memory Keeper's Daughter
The Joy Luck Club
The Da Vinci Code
The Kite Runner
The Shining
The Silence of the Lambs
The Bourne Identity


Leticia's favorite books »

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Desafio dos livros - dia 17 - um livro que virou filme e foi completamente destruído

Day 17- Book turned movie and completely desecrated

Eu ia falar da coleção da Stephanie Meyers (pode me xingar, mas eu não tinha vergonha de dizer que gostei até os filmes aparecerem e serem tão ruins), mas vou ficar com outro título:
Não foi COMPLETAMENTE horrível, mas sempre que eu falo da Sophie Kinsella, alguém diz, Ah, vi o filme, e embora eu goste muito da atriz, do ator, do roteiro (como eu disse, não foi COMPLETAMENTE deturpado), não tem o gargalhar alto que o livro me deu várias vezes. Não invejo o trabalho dos roteiristas, porque muito do que acontecia com a Becky Bloom era dentro da cabeça dela, mas de verdade, era muito divertido, e não fica assim no filme.
A história é sobre a Becky Bloom, uma jornalista financeira que é uma fraude, porque foge dos credores, compra desenfreadamente, está endividada até o pescoço e conta mentiras porque não consegue sair das enrascadas em que se mete. E ela se mete em várias. O livro que originou a série está à venda aqui, a coleção toda em inglês é essa:


e o site da Sophie, tão fofo quanto ela, é esse aqui.

Engraçado que eu tenho certeza que vou lembrar de vários livros que foram massacrados nos correspondentes filmes, mas só lembro dos bons agora:

Atonement, Ian McEwan (Desejo e reparação, que aliás eu só consegui gostar vendo o filme);
Delicacy, do David Foenkinos (A delicadeza do amor)
Cloud Atlas, do DAvid Mitchell (idem ao Atonement, só entendi vendo o filme, e olha que ele era confuso e longo. Aliás pensando bem talvez eu tenha uma deficiência séria cognitiva e a culpa não seja desses livros).
As crônicas de Narnia, do CS Lewis, na verdade o filme sem dúvida não é tão bom quanto nenhuma delas, mas foi bastante ok.
Não entro no mérito do Harry Potter porque foram sete livros, alguns filmes foram bons, outros nem tanto, e vamos combinar que poucos de nós teríamos feito trabalho melhor que quem fez de fato.

Trilha sonora do dia: Cansei de dar essa música em sala de aula. Thank you, da Dido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário