Books read

Leticia's books

To Kill a Mockingbird
The Catcher in the Rye
The Great Gatsby
Of Mice and Men
Animal Farm
One Hundred Years of Solitude
Lord of the Flies
Romeo and Juliet
Little Women
A Tale of Two Cities
Frankenstein
The Count of Monte Cristo
The Secret Life of Bees
The Memory Keeper's Daughter
The Joy Luck Club
The Da Vinci Code
The Kite Runner
The Shining
The Silence of the Lambs
The Bourne Identity


Leticia's favorite books »

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Desafio dos livros - dia 7 - um livro difícil de ler

Day 07- A Book that’s hard to read

Lionel Shriver, We need to talk about Kevin. (Precisamos falar sobre o Kevin, com essa resenha da Livraria Cultura, eu se fosse você comprava AGORA)
Há momentos nos quais você quer parar de ler e desejar, como criança, que ao fazê-lo você vá impedir o que está a ponto de acontecer, e isso diz muito sobre o quanto você acredita na realidade dos personagens.
A história é basicamente a narrativa de uma mãe que fala sobre o filho, Kevin, sobre os laços que ela construiu com o marido, com esse filho e com a filha mais nova, sobre as dificuldades, e ... sobre o fato de que Kevin se tornou um assassino adolescente, matando diversas pessoas num daqueles massacres que infelizmente se tornaram quase comuns nos últimos anos. Não quero discorrer sobre o livro para não estragar os acontecimentos que podem ser surpreendentes, mas há muita controvérsia sobre ele porque Eva, a mãe, narra seu conflito em amar a criança - e perceber que é amada por ela - e traz à tona a dúvida que todas as mães devem ter em algum momento da vida, sobre quanto é sua responsabilidade nos acertos e erros de caráter dos filhos. É tocante, destruidor, difícil. E ainda assim, valeu cada minuto.
Um filme foi lançado, com a Cate Blanchett, e achei bem fiel, embora dificilmente ache que os filmes conseguem me dar a noção de emoção crua que os livros me dão.

Outro livro bem difícil de ler foi Game of thrones, (em português ficou A guerra dos tronos) do George Martin. Adorei, mas de verdade? precisava de algo que me ajudasse a manter registro de quem morreu, quem é de que família, quem está indo pra onde. Vale a pena persistir, porque é maravilhoso, mas eu tiro o chapéu pra esse editor (ou o time inteiro de editores) que deve ter ajudado a fazer tudo isso ficar em pé.

Trilha sonora do dia: Kool and the Gang (a banda que o Chandler queria pro casamento dele em Friends), Celebration.

Nenhum comentário:

Postar um comentário