Books read

Leticia's books

To Kill a Mockingbird
The Catcher in the Rye
The Great Gatsby
Of Mice and Men
Animal Farm
One Hundred Years of Solitude
Lord of the Flies
Romeo and Juliet
Little Women
A Tale of Two Cities
Frankenstein
The Count of Monte Cristo
The Secret Life of Bees
The Memory Keeper's Daughter
The Joy Luck Club
The Da Vinci Code
The Kite Runner
The Shining
The Silence of the Lambs
The Bourne Identity


Leticia's favorite books »

domingo, 16 de março de 2014

Aventuras gastronômicas

As mais recentes peregrinações foram:

1. Bier Bar: barzinho em Moema, numa rua linda (a Tuim), dá pra estacionar na rua (ODEIO pagar 20 reais de valet), mesas com relativa distância umas das outras (tem coisa pior do que esbarrar em todo mundo pra sair da mesa?), bom pra ir em casal, bom pra ir com grupinhos, iluminação legal. Não me lembro do som, então não devia ser memorável, mas o ambiente era bem arrumadinho. O pedido demorou um pouco demais, considerando que estava relativamente vazio, e pedimos linguiça artesanal (uma delícia, mas achamos o preço meio empolgado - 34,00), e os bolinhos de frango da dó, também uma delícia, bem servidos e com preço bom. (8 unidades, 24,00). A cerveja recomendada era cara, mas vale para conhecer, não é pra ficar bêbado nela mesmo.
2. Al Arabe: meu novo árabe favorito, já que o Baruk ficou lá no outro bairro. Assim, não iria necessariamente no fim de semana, mas é uma sugestão muito gostosa e honesta em Pinheiros. O dono está lá o tempo todo, te dando palpites, brigando quando você deixa comida no prato e se desculpando quando o café demora (é feito na hora, sabe?). Os pratos tem preço bom e são maravilhosos. Já comi a porção de babaganoush, divina, kafta, falafel, e tenho ido toda semana. Diz a lenda que se você vai no meio da hora do almoço, você sai com o cheiro da comida impregnado em você. Meu olfato é péssimo, mas há testemunhas... fique por sua própria conta e risco. Mas vá.
3. Tony Romas: Chegou em janeiro a rede internacional, para concorrer com Outback e Applebees, em Moema, mas abrirão muitas lojas, eu li em algum lugar, e os sujeitos que conseguiram a licença fizeram treinamentos intensivos. Cumpre bem esse papel, viu? o lugar é grande, bem localizado, e embora o atendimento tenha sido sofrível (o moço amou meu cunhado, que estava com a camisa do Corinthians, mas isso ainda assim não nos ajudou a ser atendidos mais rápido, TUDO demorou, de talheres a bebidas, de conta a menu), os pratos estavam muito gostosos e eu quero voltar. Na nossa mesa, experimentamos a entrada de camarões, a margarita, a sangria, steaks, ribs, pasta - e tudo estava bom. Um sólido 7.
4. Brigadeiro Dicunhada: no Tatuapé, parecido com a Condimento, que eu adoro, mas é tãaao pequenina. Eu gostei muito do bolo, e AMEI o brigadeiro de vinho do porto. Senti falta de comidinhas, como a Condimento tem, mas é perfeita pra um docinho.


Um comentário:

  1. No Al Arabe o dono também puxa a orelha quando você não come tudo.... mas ele é uma simpatia de pessoa, rs. Vale a pena, tanto pela comida, quanto pelo "calor humano" do dono.

    ResponderExcluir