Books read

Leticia's books

To Kill a Mockingbird
The Catcher in the Rye
The Great Gatsby
Of Mice and Men
Animal Farm
One Hundred Years of Solitude
Lord of the Flies
Romeo and Juliet
Little Women
A Tale of Two Cities
Frankenstein
The Count of Monte Cristo
The Secret Life of Bees
The Memory Keeper's Daughter
The Joy Luck Club
The Da Vinci Code
The Kite Runner
The Shining
The Silence of the Lambs
The Bourne Identity


Leticia's favorite books »

quarta-feira, 21 de maio de 2014

QQQ Quartas, www Wednesdays

Should be Reading (fonte)

To play along, just answer the following three (3) questions…
• What are you currently reading?
• What did you recently finish reading?
• What do you think you’ll read next?

basicamente, seria um Q Quartas, três perguntas com Q:
o Que você acabou de terminar de ler?
o Que você está lendo atualmente?
o Que você acha que lerá em seguida?

e minhas respostas são:

Terminei o The Stand e o Timebound, His wicked games, Life after life, In search of a love story, The Big, Not so small... dating agency, Chasing the sun. (reviews aqui no Goodreads).
Vamos lá: The Stand, Stephen King: 1100 páginas, que não mudaram minha vida. Ele é um excelente contador de histórias, e eu realmente não sabia como ia terminar. E haviam me dito que tinha um tema religioso do qual eu estava com certo medo, e deu pra concentrar nos personagens sem me ater à isso. Claro, é o inexplicável, do começo ao fim, mas até aí, se você está procurando outra coisa, não devia mesmo buscar no Stephen King. Então,a propósito: o que eu perdi? muitas das edições tem um pássaro na capa, e não me lembro de uma possível razão...
Timebound, the Chronos files, Rysa Walker: peguei emprestado pelo Kindle. Achei bem fofo, bem construído, interessante (considerando que a personagem principal é adolescente, tive algumas dúvidas sobre como isso poderia acontecer no começo).
His wicked games, Ember Casey: um freebie meio Sabrina, mas até gostei! a moçoila vai tentar convencer um suposto milionário a continuar a doação que o pai dele havia prometido ao Centro que seu pai mantém, e a nevasca os isola na casa dele (aham, senta lá Claudia).
Life after life, Kate Atkinson: a decepção foi bem pior porque esse era um livro no qual eu vivia esbarrando, sabe? até que um dia me rendi, e ainda esperei mais um pouco 'guardando' a vez. Ursula é um personagem que morre e renasce várias vezes, no decorrer da história, que começa em 1910 e tem seu ápice em torno da guerra, a fim de realizar um certo feito (que em algum momento ela consegue). Só que... ela é CHATA!!! sem graça, mesmo... então em algum ponto você pensa, meu, talvez outra pessoa???  sabe, a cena do Ferris Bueller's Day off (Curtindo a vida adoidado)? essa aqui? então...


The big, not so small, curvy, etc dating agency, Ava Catori: chick lit tem de ser, por definição, divertido, leve, com heroínas fofas e engraçadas. Não é literatura clássica, não vai te dar lições sobre entrelinhas e maneiras de colocar pensamentos sutis, mas deve, no mínimo, te entreter. Não é pedir muito, é? Pois é. Aparentemente era.
In search of a love story, Rachel Schurig: é de graça. Só que nosso tempo não é... então, pode passar batido. Podia copiar e colar o comentário acima.
Chasing the sun, Natalia Sylvester: peguei no Kindle First. É uma história sobre sequestro. Marabela, a esposa de Andres, um empresário médio peruano, mãe de dois filhos, não volta pra casa uma tarde. Ele a princípio acha que ela o deixou (já que ela o havia feito uma vez alguns meses antes). Logo descobre que na verdade ela havia sido sequestrada, prática relativamente comum no Peru dos anos 90. A partir daí, ele tem de lidar não somente com a questão financeira, que vai deixá-lo literalmente à beira da falência, mas com as questões que ele esperava que fossem ignoradas, as do relacionamento do casal. Muito bem escrito, me surpreendeu positivamente.

O que eu estou lendo:
na verdade, terminei o Chasing the sun ontem à noite, então ainda não comecei nada... vou resolver isso aí já já :)



Nenhum comentário:

Postar um comentário