Books read

Leticia's books

To Kill a Mockingbird
The Catcher in the Rye
The Great Gatsby
Of Mice and Men
Animal Farm
One Hundred Years of Solitude
Lord of the Flies
Romeo and Juliet
Little Women
A Tale of Two Cities
Frankenstein
The Count of Monte Cristo
The Secret Life of Bees
The Memory Keeper's Daughter
The Joy Luck Club
The Da Vinci Code
The Kite Runner
The Shining
The Silence of the Lambs
The Bourne Identity


Leticia's favorite books »

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Musing Mondays, (in) sensatas segundas

Musing Mondays asks you to muse about one of the following each week… • Describe one of your reading habits. • Tell us what book(s) you recently bought for yourself or someone else, and why you chose that/those book(s). • Tell us what you’re reading right now — what you think of it, so far; why you chose it; what you are (or, aren’t) enjoying it. • Do you have a bookish rant? Something about books or reading (or the industry) that gets your ire up? Share it with us! • Instead of the above questions, maybe you just want to ramble on about something else pertaining to books — let’s hear it, then! (do blog Should be Reading, lá da minha lista de blogs)

 Resolvi rebatizar o Musing Mondays pela aliteração Sensatas Segundas. Aí, ponderei, vocês vão concordar que com razão, que baseada nas últimas segundas, não dava pra garantir muita sensatez, e acrescentei o prefixo para garantir a credibilidade...

Book shelfie (autorretrato, ou selfie, da estante), próxima parte, tags book shelfie:


Me lembraram que faltava as bagunças!
Aqui no canto, atrás da mesa de jantar, eu tenho prateleiras; nelas, existe toda sorte de coisa. Em sua maioria, coisas de memórias...
Nas caixas de cima, são fotografias. Nas do canto, são lápis e canetas (coleciono e sempre peço pra quem vai viajar me trazer). Aí tenho canecas de lugares pros quais fui, quadros idem, caixinhas idem, mementos de viagem diversos, de tudo quanto é lugar.
Em cima, os cds do Elvis, uma das primeiras coisas que comprei com meu salário, e livros do trabalho. A única prateleira que não dá pra ver é a de baixo, a que tem chick lit, vai depois.


 Aí, embaixo daquela da Isabel Allende, na altura dessa caixa marrom desse canto direito inferior, vem esse nicho aqui:
Ele tem Paul Auster, inclusive o autografado (um que na verdade é dispensável, o roteiro de Lulu on the bridge, mas era oq ue eu não tinha quando do autógrafo...), os da Lygia, e coloquei o Bulgakov junto).

Tenho também a prateleira francesa, me enganando que eu sei mais que sete palavras na língua (fiz dois anos de Alliance Française há dez, mas como prova viva de que a habilidade oral só existe se praticada, gaguejo como uma criança de um ano pra dizer QUALQUER COISA).

Próxima semana a gente se vê (dá pra notar que eu não tô arrumando a casa pra visita, né?)

Um comentário:

  1. Muitas canecas, foram as primeiras que chamaram minha atenção. Dá pra ver que você não está preocupada com visitas, mas olhando as fotos, é possível achar que uma bagunça organizada.

    ResponderExcluir