Books read

Leticia's books

To Kill a Mockingbird
The Catcher in the Rye
The Great Gatsby
Of Mice and Men
Animal Farm
One Hundred Years of Solitude
Lord of the Flies
Romeo and Juliet
Little Women
A Tale of Two Cities
Frankenstein
The Count of Monte Cristo
The Secret Life of Bees
The Memory Keeper's Daughter
The Joy Luck Club
The Da Vinci Code
The Kite Runner
The Shining
The Silence of the Lambs
The Bourne Identity


Leticia's favorite books »

terça-feira, 5 de agosto de 2014

teaser Tuesdays, temperinho da terça - A festa da insignificância, Milan Kundera

Já muitos anos antes, ele tinha começado a detestar os aniversários. Por causa dos números que se colavam neles. No entanto, não conseguia esnobá-los, pois a felicidade de ser festejado superava nele a vergonha de envelhecer.

(A festa da insignificância, Milan Kundera)

P.S.: Eu adoro aniversário. Detesto o momento do parabéns a você, quando você tem que ficar que nem uma múmia cantando ou esperando cantarem pra você, e fico sem graça de ficar ouvindo 'parabéns' como se fosse um grande evento ter sobrevivido mais um ano, mas adoro ter um dia só pra mim, adoro presente, adoro saber quem se lembrou, adoro as pequenas reuniões que a data causa. ainda não cheguei na parte de ter vergonha de envelhecer - mas também, não sou um personagem de um escritor tcheco naturalizado francês ;)P

Tem um outro pedaço ótimo, chamado As vinte e quatro perdizes, sobre uma lorota contada por Stálin, e que termina assim:
Depois de uma pausa Calibã disse:
-A única coisa que me parece inacreditável em toda essa história é que ninguém entendeu que Stálin estava brincando.
-Claro - disse Charles, e pôs o livro na mesa. - Pois ninguém em torno dele sabia mais o que era uma brincadeira. E é por isso, a meu ver, que um novo grande período da história se anunciava.

P.S. II: Outra crença minha: que a brincadeira, a ironia, a leveza, é muito mais séria do que a tristeza. Muito mais relevante, e traz muito mais vida...

Um comentário:

  1. Interessante, principalmente o trecho que menciona Stálin. Sobre aniversários, gosto apenas dos presentes e de receber a visita dos amigos.

    ResponderExcluir