Books read

Leticia's books

To Kill a Mockingbird
The Catcher in the Rye
The Great Gatsby
Of Mice and Men
Animal Farm
One Hundred Years of Solitude
Lord of the Flies
Romeo and Juliet
Little Women
A Tale of Two Cities
Frankenstein
The Count of Monte Cristo
The Secret Life of Bees
The Memory Keeper's Daughter
The Joy Luck Club
The Da Vinci Code
The Kite Runner
The Shining
The Silence of the Lambs
The Bourne Identity


Leticia's favorite books »

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Musing Mondays, (in) Sensatas Segundas

Resolvi rebatizar o Musing Mondays pela aliteração Sensatas Segundas. Aí, ponderei, vocês vão concordar que com razão, que baseada nas últimas segundas, não dava pra garantir muita sensatez, e acrescentei o prefixo para garantir a credibilidade... Ele vem, originalmente, do blog Should be reading, e pode ser sobre qualquer coisa relacionada a livros...

O top 5 de hoje é os livros de literatura escrita por autores norteamericanos que eu acho que valem a leitura:

1. I know why the caged bird sings, Maya Angelou (em português aqui)
2. The NY Trilogy, Paul Auster (em português aqui)
3. The house of sleep, Jonathan Coe (em português aqui)
4. So much for that, Lionel Shriver (em português aqui)
5. Bird, Crystal Chan (em português aqui)
6. One flew over the cuckoo's nest, Ken Kesey (em português aqui)
7. The road, Cormac McCarthy (em português aqui)
8.  To kill a mockinbird, Harper Lee (em português aqui)
9. Fahrenheit 451, Ray Bradbury (em português aqui)

Veja só, estou fazendo a lista de cabeça, sem pensar, e tenho certeza que assim que clicar em publicar vou ter um surto psicótico pensando nos autores que não me vieram à mente. Contudo, nesse momento, coube meu livro querido The storied life of AJ Fikry, da Gabrielle Zevin. Ela é norteamericana, entra na lista. (em português aqui, embora lembra? nesse caso a edição estava com uma tradução bem ruinzinha)


2 comentários:

  1. Acho engraçado que começou com top 5 e terminou com 10. Também não consigo obedecer estes números impostos por listas, na verdade a literatura não é feita por números, então para que obedecer? Estou esperando uma tradução decente de The storied life of AJ Fikry, aqueles que leram falam muito mal da tradução da primeira edição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz bem de esperar a tradução, porque o livro é fofura pura e você vai gostar, se ler sem ter de se preocupar com vocábulos mal colocados, rs... e eu acho triste que eu infrinjo minhas próprias regras, mas fazer o que, rsrsrs...

      Excluir