Books read

Leticia's books

To Kill a Mockingbird
The Catcher in the Rye
The Great Gatsby
Of Mice and Men
Animal Farm
One Hundred Years of Solitude
Lord of the Flies
Romeo and Juliet
Little Women
A Tale of Two Cities
Frankenstein
The Count of Monte Cristo
The Secret Life of Bees
The Memory Keeper's Daughter
The Joy Luck Club
The Da Vinci Code
The Kite Runner
The Shining
The Silence of the Lambs
The Bourne Identity


Leticia's favorite books »

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

www Wednesdays, QQQ Quartas, Leituras da semana :)

Should be Reading (fonte)

To play along, just answer the following three (3) questions…
• What are you currently reading?
• What did you recently finish reading?
• What do you think you’ll read next?


basicamente, Q Quartas, três perguntas com Q:


O que terminou de ler?
O que lerá em seguida?
O que você está lendo?

Aeee... na meta "Goodreads Reading Challenge" (tem coisas que me deixam muito competitiva, rs, principalmente as que são comigo mesma... - pena que não funciona para dieta ou corrida de rua :P), eu li meia dúzia de livros fáceis de ler:
The truth about Alice, Jennifer Mathieu, é uma fofurice que estava na lista dos melhores do Goodreads e me convenceu. Eu gosto muito de livros narrados e/ou com personagens adolescentes, porque acho que geralmente a adolescência tem muito a nos dizer - quando estamos fora dela, rs. Esse livro é interessante nesse ângulo. Alice é taxada por ter supostamente dormido com dois caras numa festa, especialmente depois que um deles morre num acidente umas semanas depois. O livro é narrado por vários colegas de escola dela. Qualquer outra coisa que eu diga pode ter spoilers, o que eu não ligo mas sei que muita gente odeia, então paro por aqui e digo que foi bom. Não fantástico, mas bem escrito.

Li Separation e Degradation, da The Kane trilogy, dois dos tais romances eróticos que acabam virando histórias de amor. Tive sentimentos conflitantes. A moça, Tatum O'Shea, dorme com o namorado da irmã aos 18 anos, e é flagrada, expulsa de casa e etc. A partir daí, com laços cortados com a família, vive uma vida dessas meio malucas, cheias de drogas, sexo e liberdade ligeiramente degradante. Reencontra o namorado (Jameson Kane), que, claro, é lindo, rico e interessante, e acha todas as loucuras dela extremamente fascinantes. Eles se batem, se maltratam, eu tenho um problema com esse tipo de erotismo. Mesmo assim li o segundo volume, a curiosidade me venceu. 
Li o quarto volume da Sylvia Day, Captivated by you, com o Gideon Cross (que na minha opinião é muito, muito mais fofo que o Christian Gray dos 50 tons de cinza). Ele continua perturbado e ligeiramente maluco, mas doido pela Eva, e mesmo que não seja literatura (ei, lembra da zona livre de julgamento) clássica, adoro ler livros narrados com o tal ponto de vista masculino (embora, verdade seja dita, sejam geralmente escritos por mulheres, ou seja, dizem o que gostaríamos que eles estivessem pensando).

Bom, estou lendo Dom Casmurro, que será o clássico de dezembro. Quando eu era adolescente, não gostava de Machado de Assis. Claro, sutileza estava muito acima da minha experiência de vida limitada... acho que ele tem momentos geniais, hoje, exatamente nos mesmos pontos que antes achava crípticos ao extremo. 

Lerei em seguida... estou com Lianne Moriarty na fila de novo, e preciso recomeçar o Mr. Peanut.

Nascida para ler, forçada a trabalhar.
História da minha vida.




Um comentário:

  1. "Nascida para ler, forçada a trabalhar." Você não encontrará tão cedo uma frase mais perfeita para fechar um post...rsss. História total da minha vida, principalmente nos últimos tempos, fico triste por não conseguir ler tanto quanto gostaria.

    ResponderExcluir