Books read

Leticia's books

To Kill a Mockingbird
The Catcher in the Rye
The Great Gatsby
Of Mice and Men
Animal Farm
One Hundred Years of Solitude
Lord of the Flies
Romeo and Juliet
Little Women
A Tale of Two Cities
Frankenstein
The Count of Monte Cristo
The Secret Life of Bees
The Memory Keeper's Daughter
The Joy Luck Club
The Da Vinci Code
The Kite Runner
The Shining
The Silence of the Lambs
The Bourne Identity


Leticia's favorite books »
Mostrando postagens com marcador Isabel Allende. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Isabel Allende. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 10 de junho de 2014

teaser Tuesdays, temperinho da terça - Amor, Isabel Allende


"Você tocou seu corpo com as mãos? - perguntou (o padre).
Sim, padre - balbuciei.
Muitas vezes, minha filha?
Todos os dias...
Todos os dias! Essa é uma ofensa gravíssima aos olhos de Deus, a pureza é a maior virtude de uma menina, você deve me prometer que não fará mais isso!
Prometi, embora não conseguisse imaginar como iria lavar o rosto ou escovar os dentes sem tocar meu corpo com as mãos."

"Nesta cultura, que supervaloriza a juventude e a beleza, são necessários muito amor e alguns truques de ilusionista para manter vivo o desejo pela pessoa que antes nos excitava e agora está achacosa e gasta. Em minha idade respeitável, na qual me dão desconto no cinema e no ônibus, tenho o mesmo interesse de sempre pelo erotismo. Minha mãe, que completou 90, diz que isso nunca acaba, mas é melhor não espalhar, porque o resultado é chocante; supõe-se que os velhos são assexuados, como as amebas."

"O amor longo, bem vivido e sofrido, é o que mais me interessa e também o mais difícil de relatar, porque carece de suspense. A paixão é muito valiosa sob o ponto de vista literário e cinematográfico, já que as peripécias de dois seres consumidos pelo desejo nos excitam a todos; isso explica o sucesso da pornografia, embora nesse caso o desejo seja fingido."

um pouco mais de Isabel Allende aqui.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Musing Mondays, In (sensatas) segundas

Musing Mondays asks you to muse about one of the following each week… • Describe one of your reading habits. • Tell us what book(s) you recently bought for yourself or someone else, and why you chose that/those book(s). • Tell us what you’re reading right now — what you think of it, so far; why you chose it; what you are (or, aren’t) enjoying it. • Do you have a bookish rant? Something about books or reading (or the industry) that gets your ire up? Share it with us! • Instead of the above questions, maybe you just want to ramble on about something else pertaining to books — let’s hear it, then! (do blog Should be Reading, lá da minha lista de blogs)


What book are you currently desperate to get your hands on? Tell us about it!

Estou louca pra ler El juego de Ripper, da Isabel Allende. (A resenha do Goodreads aqui) .Ela é fantástica, uma dessas contadoras de história cujo talento é raro. Além de tudo é simpática e apaixonada. Tem uma talk do TED aqui pra você ver do que estou falando. Meu favorito é Cuentos de Eva Luna, e gosto muito mais de lê-la no original porque nem sempre a tradução é ótima, mas quase tudo que li dela foi muito legal. Minha edição de Cuentos de Eva Luna, da Plaza James, não achei no site da Cultura, mas está aí embaixo, junto com os outros.

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Os livros da sua vida

Isso aqui foi uma gracinha de facebook: os livros que mudaram você. Eu interpretei como sendo os que te formaram como leitora, os que você recomendaria pra qualquer um a qualquer tempo, sabe?

1. Comédias da vida privada, do Veríssimo
2. Uma aprendizagem, Clarice Lispector
3. O pássaro azul, não sei o autor, li na 4a série
4. Sozinha no mundo, Dinheiro do céu, A serra dos dois meninos, Éramos seis e vários outros da Coleção vagalume
5. Venha ver o por do sol e outros contos, Lygia Fagundes Telles
6. Os caçadores de conchas, Rosamunde Pilcher, chorei cântaros
7. The NY trilogy, do Paul Auster
8. The house of sleep, Jonathan Coe
9. Kiss kiss, Roald Dahl, esse cara é tudo de bom e eu me surpreendia sozinha
10. a coleção da shopaholic da Sophie kinsella, sei trechos inteiros de cor.

11. Jubiabá, Jorge Amado, ainda me lembro perfeitamente do momento em que a tia ficava maluca
12. Todos os nomes, Saramago, e a beleza das coisas simples que se tornam lindas com a narrativa maravilhosa dele
13. Corações sujos, Fernando Morais, o jornalismo mais interessante do mundo
14. Cuentos de Eva Luna, Isabel Allende, ah Eva...
15. As crônicas de Narnia e a trilogia das Fronteiras do Universo do Philip Pullman, que eu sempre quis ler pruma criança
16. A marca de uma lágrima, do Pedro Bandeira, me processe

Trilha sonora do dia: Aerosmith, Crying