Books read

Leticia's books

To Kill a Mockingbird
The Catcher in the Rye
The Great Gatsby
Of Mice and Men
Animal Farm
One Hundred Years of Solitude
Lord of the Flies
Romeo and Juliet
Little Women
A Tale of Two Cities
Frankenstein
The Count of Monte Cristo
The Secret Life of Bees
The Memory Keeper's Daughter
The Joy Luck Club
The Da Vinci Code
The Kite Runner
The Shining
The Silence of the Lambs
The Bourne Identity


Leticia's favorite books »
Mostrando postagens com marcador Rainbow Rowell. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Rainbow Rowell. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

A Letícia lê - semana 8 - Vale a pena ler de novo :) - Anexos, Rainbow Rowell

Resolvi, num impulso, reler Anexos, ou Attachments, da Rainbow Rowell. Eu gosto de tudo nesse livro: da capa, que é muito fofa, da autora, por quem estou apaixonada, do formato da história - amo livros em forma de carta, e-mail, bilhetes, qualquer tipo de correspondência. Seja Fernando Sabino e Clarice, Simone de Beauvoir e Nelson Algren ou dois adolescentes como Ana e Pedro, da Vivina de Assis Viana, é certeza que vou gostar. Meu ponto fraco, acho.

Mesmo assim, a gente nunca sabe. A segunda vez que você lê um livro é aquilo de Heráclito, não é o mesmo rio nem o mesmo homem, porque a gente já mudou tanto e a água já passou.
Mas eu gostei tanto quanto da primeira vez, acho que mais, porque apesar da minha memória sem ferro ou cálcio, eu lembrava de algumas coisas, então havia menos ansiedade e pude apreciar integralmente o fato de que a Beth e a Jennifer são muito engraçadas e fofas, e eu queria muito ser amiga delas. Eu ri alto várias vezes. Além disso, eu queria ser amiga da Doris, da mãe do Lincoln, pegar o Lincoln pela mão e contar pra ele como ele não sabe quem ele é ou pode ser... sabe aquele livro com o qual você pensa que está com várias pessoas que são simpáticas e que podiam facilmente estar na sua vida?

É a coisa mais romântica e doce do mundo:
Você acredita em amor à primeira vista?
Não sei. Você acredita em amor antes disso?
Rainbow Rowell's Best Book Quotes on Love #Attachments


“I don't know if I even believe in that anymore. The right guy. The perfect guy. The one. I've lost faith in "the".
How do you feel about "a" and "an"?
Indifferent.
So you're considering a life without articles?” 

A propósito, milhões de citações fofas desse livro aqui: https://www.goodreads.com/work/quotes/13785503-attachments

terça-feira, 29 de julho de 2014

teaser Tuesdays, temperinho da terça - Landline, Rainbow Rowell

O título do livro vem de 'linha fixa', uma alusão ao telefone amarelo da casa da mãe da Georgie, que está fazendo umas ligações no mínimo peculiares. E mais que isso não digo, porque acho que pode ser considerado spoiler.

Love this quote from Rainbow Rowell's next book Landline (out July 2014)
Ou seja, não sei se a tradução para o português se manterá assim (quem ainda tem telefone fixo?), mas espero que dê pra captar o amor infinito que sempre sinto pela Rainbow com esses pedacinhos e a versão abaixo:

Maybe everybody had nice lips, and you only really noticed it when you stared at their mouths all the time.
Talvez todo mundo tivesse lábios lindos, e você só notasse de verdade quando você olhasse pras suas bocas o tempo todo.

She intentionally frowns whenever I try to be funny - it's like not laughing at me isnt a strong enough negative reaction.
Ela franze a testa intencionalmente quando quer que eu tente ser engraçada - é como se não rir de mim não fosse suficientemente negativo.

When were you smiling? No one in your family smiles. You're a dynasty of wasted dimples.
Quando você estava sorrindo? Ninguém na sua família sorri. Vocês são uma dinastia de covinhas desperdiçadas.

After two months of hanging out in The Spoon's production, Georgie was 53 percent sure that Neal liked her.
Depois de dois meses frequentando a sala de produção de The Spoon, George estava 53 por cento certa de que Neal gostava dela.

Eu podia continuar ad infinitum, porque selecionei diversas passagens fofas, dessas que te fazem sorrir mesmo quando a questão é um pouco triste e um pouco séria, como é na vida da Georgie, e quando você tem diversas opiniões sobre o que ela deveria ou poderia estar fazendo. Mas vou dizer só mais uma, que virou uma das minhas favoritas e possivelmente um mantra adequado (sempre que gosto muito de uma citação, penso/digo que viraria uma ótima tatuagem. Essa ia ter de ser encurtada, rs, mas definitivamente se encaixa.)

And I want to be happy. Like, seventy to eighty percent of the time. I want to be actively, thoughtfully happy.

Tô contigo, Georgie McCool :)

terça-feira, 4 de março de 2014

Livro de primeiro amor



Essa fui eu, suspiros e tudo, depois de ler o livro da Rainbow Rowell:
Eleanor e Park (resenha oficial aqui no link)
Depois disso, eu li os outros também, aliás, Fangirl, e Attachments, que é lindo lindo lindo.) Mas Eleanor e Park é o que já está nas livrarias, eu vi ontem, então vou começar por ele. Fique claro que, infelizmente, não estou ganhando nada por divulgar essa moça, mas se você ler, gostar e quiser me contar, já fico feliz em dividir a alegria.
Os dois são adolescentes e se conhecem no ônibus escolar. Park é filho de coreanos, Eleanor é uma ruiva com problemas de família. Eles vão se aproximando quase sem querer, e descobrindo que gostar é isso aí mesmo, quase sem querer, e vai além do que achavam. Ela começa a achar o cabelo na cara dele lindo, ele começa a ver as cores berrantes das roupas dela como excêntricas, os dois começam a dividir música, e quadrinhos, e opiniões, e família, e...
vai lá ler, por favor?