Books read

Leticia's books

To Kill a Mockingbird
The Catcher in the Rye
The Great Gatsby
Of Mice and Men
Animal Farm
One Hundred Years of Solitude
Lord of the Flies
Romeo and Juliet
Little Women
A Tale of Two Cities
Frankenstein
The Count of Monte Cristo
The Secret Life of Bees
The Memory Keeper's Daughter
The Joy Luck Club
The Da Vinci Code
The Kite Runner
The Shining
The Silence of the Lambs
The Bourne Identity


Leticia's favorite books »
Mostrando postagens com marcador tag literária. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador tag literária. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

tag literária - Quem é você?

Você é o personagem principal do último livro que você leu. Quem é você?

Who Are You?

Eu sou Janina Bauman (na verdade, Janina Lewinson), do livro Inverno na manhã, uma jovem no Gueto de Varsóvia. Janina publicou um livro com suas memórias da época, quando, judia não praticante, viveu alguns anos fugindo dos piores horrores da guerra. Sobreviveu relativamente com sorte (ficou o tempo todo com a mãe e a irmã, não sofreu abusos físicos, sexuais ou foi enviada para campos), mas presenciou todo o absurdo e a infinita tristeza que a época trouxe, perdendo quase toda a família estendida (fiquei muito triste com algumas das pessoas), passando semi fome por vários anos e, embora narrando tudo com muita leveza, vivendo coisas que jamais havia imaginado.
Esse livro me foi emprestado, e li numa tarde. Não há erros de linguagem, embora tenha me irritado com a maneira como os pedaços de enciclopédia são colocados (com reticências no meio do texto) e com as ocasionais separa-ções no meio das linhas que denotam os erros de revisão que escaparam. Não é suficiente para deixarmos de pensar na Janina - e não foi o suficiente para que eu não fosse pesquisar o que aconteceu com ela depois da guerra, e ficasse feliz de saber que ela morreu aos 83 anos, deixando três filhos, em Leeds, na Inglaterra, deixando também um marido que fuma cachimbo e patrocina bolsas de sociologia na universidade da cidade. Muito pouco, considerando a quantidade de pessoas que perderam suas vidas e esperança naquele período, mas ficaria muito triste em saber que o tom leve e sem julgamento que ela usa no livro todo não havia sido recompensado com alguma felicidade.
Em tempo: o marido dela é Zigmunt Bauman, famoso pelo "amor líquido" e um velhinho absolutamente adorável, que você encontra em milhões de vídeos.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

tag literária (e natalina)!


Se você fosse dar cinco livros de presente de Natal, quais você escolheria?

Adorei isso, porque eu adoro dar livros, e porque na verdade começo a comprar presentes de Natal muito tempo antes (quando quer que eu veja algo que tem 'a cara' da pessoa).

1. Let it snow, do John Green (esse eu já comprei de presente :P), que é meio temático de Natal, né?, e fácil de agradar!
2. As cem melhores crônicas brasileiras, porque gostei muito, porque acho que crônicas são um estilo literário interessante (menos pra Silvia U., rs) e porque você pode ir lendo aos poucos e gostando do que quiser.
3. Um dos meus livros favoritos desse ano (vou fazer um post sobre isso), porque sou egoísta e quero que todo mundo goste dos livros que eu gostei.
4. A vida de HP Lovecraft pra minha amiga Stella, ou o novo do Chico Buarque pra minha irmã, ou a Maitena pra minha amiga Pati... livros que me lembram imediatamente a pessoa e me fazem pensar "quando é mesmo o aniversário dela?' são sempre ganhadores nessa lista. Foi assim que eu comprei o Ready Player One para uma amiga que desenvolvia jogos, ou um guia de NY para outra que ia viajar, ou um livro sobre uma guitarra (!) para meu amor.
5. Seu livro favorito de todos os tempos. Eu vi em algum lugar (talvez no pinterest) um amigo secreto no qual o critério era esse, você daria o SEU livro favorito para o seu amigo secreto. Achei a coisa mais legal do mundo. Na verdade quase tão legal quanto poder ler TODOS os do grupo, rs.

Caso alguém se interesse, posso dar meu endereço para que enviem um livro de presente pra mim, vai que vocês se inspiraram com o espírito de Santa Claus... :)

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

tag literária, Musing Mondays, (In) Sensatas segundas

Resolvi rebatizar o Musing Mondays pela aliteração Sensatas Segundas. Aí, ponderei, vocês vão concordar que com razão, que baseada nas últimas segundas, não dava pra garantir muita sensatez, e acrescentei o prefixo para garantir a credibilidade... Ele vem, originalmente, do blog Should be reading, e pode ser sobre qualquer coisa relacionada a livros...

1. chá (de ervas); eu amo café, mas fico com vontade de escovar os dentes e termina logo. Chá demora mais.
2. aquela Pipoca de chocolate da Kopenhagen, porque não é enorme, e não meleca os dedos.
3. gato no colo (no caso, minhas três se esparramam, de acordo com a estação do ano)
4. barulho de passarinho e árvore por perto, ou barulho de água (mar, rio, fonte) <3
5. água, sempre (eu sou influenciável, é só não ter água por perto e começo a ter sede).

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

tag pixar - tag filmes infantis

TAG Disney


Maria, do Bombuteco, fez essa TAG e eu adorei. Na verdade, imediatamente eu não
 pensei na Disney (o único filme que me lembro de ter visto várias vezes quando 
criança era A bela e  a fera, mas os da Pixar, então está valendo, né?


1. Qual é o seu filme favorito da Disney?
Nossa. Começa assim, com a jugular, né? Acho que o que eu mais assisti foi
 Procurando Nemo. É uma mistura de fofuras.

2. Quem é o seu herói / protagonista favorito e por quê?
Eu sei que sou monotemática, mas a primeira coisa que me vem à cabeça 
é a Dory. É impossível não se apaixonar por aquele peixe!!! Em segundo lugar,
a Ariel (a Pequena Sereia), e em terceiro não muito distante, o Sebastian
 (o caranguejo da Pequena Sereia) e a xicarazinha bebê (como não amar?)
 da Bela e a Fera.



3. Quem é o seu vilão favorito e por quê?
Defina favorito. A da qual eu tinha medo era a Ursula, da Pequena Sereia.



                          



4. Um filme da Disney que merecia mais destaque.
Wall-E. É tão, tão doce, tão cheio de metáforas muito tristes, e sutis, e ouço 
pouca gente falar que gosta dele.

5. Uma cena de qualquer filme da Disney que você gostaria de experimentar.
Vou copiar a Maria e dizer que a cena da Bela na biblioteca é um clássico pra 
quem gosta de livros :) Mas adoraria brincar com a Boo também, porque
 sou apaixonada pelo Sully, de Monsters, Inc.

6. Qual é a sua música favorita da Disney?
Sei que sou uma exceção, mas a única música da qual eu me lembro, 
de todas, era a Under the sea, da Pequena Sereia, e provavelmente só 
porque quando comecei a dar aulas, em 95, a gente usava em alguma aula 
pros pequeninos.

7. Qual tipo de filme você prefere, animação, 2D ou 3D?
Adoro animação.

8. Qual é a sua frase ou citação favorita da Disney?
Me faz rir toda vez o cachorro do Up, Altas aventuras (que é tão lindo 
e romântico e meigo)



9. Qual é a sua princesa preferida?
(mas é também porque ela é a única princesa que gosta de ler!)
A Bela e a Fera
10. Qual filme da Disney já assustou você quando criança? (vou substituir 
por: Qual filme da Disney/Pixar te faz chorar?)
Toy Story 3 me faz derrubar diversas lágrimas toda vez. Merecia menção 
especial aqui. É tão pungente.


quinta-feira, 18 de setembro de 2014

tag literária - time feminino

Seleção literária (autoras)

1. Goleiro -Lygia Fagundes Telles
Uma autora que é seu porto-seguro, para onde você sabe que pode correr quando nada mais te anima a ler. Aquela que sempre te defende das leituras ruins.

2. Zagueiro - Lionel Shriver
Uma autora forte, intensa, que mexeu muito com você.

3. Lateral direito - Rosa Montero
Uma autora a quem você resistiu e de quem duvidou que fosse gostar, mas aprovou no final.

4. Lateral esquerdo - Virginia Woolf
Uma autora que você nunca leu e que tem fama de ser ‘osso duro de roer’.

5. Volante - Cecília Meireles
Uma autora com excelente qualidade técnica, que coloca cada palavra milimetricamente no lugar.

6. Ala direito - Clarice Lispector
Uma autora que arranca com tudo e tem um ritmo insano de narrativa.

7. Ala esquerdo -  Karen Harrington
Uma autora cheia de drible, que te enganou direitinho com as reviravoltas da história.

8. Meia-armador -Katherine Mansfield
Uma autora que é a craque do time, a camisa 10, que se destaca pela criatividade e pela habilidade.

9. Ponta direita - Isabel Allende
Uma autora ousada, que te surpreendeu positivamente.

10. Ponta esquerda - Jumpha Lahiri
Uma autora confiável, que está sempre na sua lista de leituras favoritas.

11. Atacante - Sophie Kinsella
Sua autora queridinha, a artilheira da sua estante, aquela que você mais leu na vida.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

tag literária - time masculino

Seleção literária (autores)

1. Goleiro - Luis Fernando Veríssimo
Um autor que é seu porto-seguro, para onde você sabe que pode correr quando nada mais te anima a ler. Aquele que sempre te defende das leituras ruins.

2. Zagueiro - Paul Auster
Um autor forte, intenso, que mexeu muito com você.

3. Lateral direito - Cormac McCarthy
Um autor a quem você resistiu e de quem duvidou que fosse gostar, mas aprovou no final.

4. Lateral esquerdo - Nelson Rodrigues
Um autor que você nunca leu e que tem fama de ser ‘osso duro de roer’.

5. Volante - José Saramago
Um autor com excelente qualidade técnica, que coloca cada palavra milimetricamente no lugar.

6. Ala direito - Jonathan Coe
Um autor que arranca com tudo e tem um ritmo insano de narrativa.

7. Ala esquerdo - Jo Nesbo
Um autor cheio de drible, que te enganou direitinho com as reviravoltas da história.

8. Meia-armador - Garcia Márquez
Um autor que é o craque do time, o camisa 10, que se destaca pela criatividade e pela habilidade.

9. Ponta direita -Italo Svevo
Um autor ousado, que te surpreendeu positivamente.

10. Ponta esquerda - Jorge Amado
Um autor confiável, que está sempre na sua lista de leituras favoritas.

11. Atacante - Roald Dahl
Seu autor queridinho, o artilheiro da sua estante, aquele que você mais leu na vida.

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

tag literária


Essa tag aparentemente veio do blog Amount of Words, chamada Chatice Literária. Acho sempre difícil falar de livros chatos porque não costumo mantê-los, mas tentarei, porque também acho difícil achar tags legais ;)

1) Um livro que você achou que seria legal, mas foi chato?
Não é que foi chato, mas esperava muito mais dele. The story behind us, A distância entre nós, da T. Umrigar. Eu ouvi falar muito bem dela, e é uma história indiana, algo que quase sempre me atrai. Mas achei difícil me conectar de verdade com as personagens, e o colorido da Índia não apareceu.

2) Um livro que todos dizem que é fantástico, mas você não gostou?
De novo, não é que não gostei, mas não achei fantástico. A série dos Instrumentos mortais.

3) Um livro que tinha tudo para ser bom, mas é chato?
A extraordinária viagem do faquir blá blá blá. Era pra ser uma aventura, engraçado, colorido e interessante. Afe. Reclamei dele, quer dizer, falei, rs, aqui.

4) Um livro com personagem intragável?
Não se apega não, da Isabela Freitas. Desculpa, sociedade.

5) Um livro com final terrível?
The No Kids Club. Falei dele aqui. Que decepção.

6) Universo que você nunca gostaria de morar?
O Universo no qual infelizmente eu moro, e no qual aconteceu o holocausto e todos os livros que o narram.

7) Livro que você tem na estante, mas tem medo de ler por parecer chato?
A coleção do Dickens. Eu quero muito muito muito ser a pessoa que sabe várias citações dele, mas tenho muito muito muito receio de não gostar de algum - só li um, há muito tempo, o do começo famoso.

8) Livro que tinha tudo para ser chato, mas foi bom?
Um livro que eu peguei no Kindle First, chamado Chasing the Sun. 

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

tag literária

5a. é dia de tag (na minha cabeça), mas às vezes acho uma que eu goste, às vezes não, e às vezes, quando acho, fico tão pressionada pelas escolhas que elas realmente representam que não consigo escrever... (sei, mereço internação). Essa aqui veio da Maria do Bombuteco (lista dos blogs indicados, lá embaixo :)), que achou em outro lugar. Chama Tag Feitiços de Harry Potter, embora a Maria não tenha lido nenhum dos volumes (Maria, ainda tá em tempo: agora que você já sabe o quão fantástica a JK é pelo Cormoran Strike, imagina o que ela consegue fazer sem limites físicos, num grupo de crianças!). Mas como dá pra perceber, a ideia é só baseada nos feitiços.
Expectro Patronum - Um livro relacionado a boas memórias
Harry Potter e a Ordem da Fênix. Me lembro direitinho de dirigir com ele em cima do volante, porque estava tão bom que não conseguia pensar em parar de ler, embora meu senso de responsabilidade não pudesse me deixar pensar em não ir trabalhar para fazê-lo...

Expelliarmus - Um livro que te pegou de surpresa
Detesto me repetir, mas o primeiro que me vem à cabeça é o Tempo é dinheiro da Lionel Shriver. Não imaginava que seria tão incrível, e pra mim o trabalho dela é irregular, houve obras que me encantaram e outras que quase não consegui terminar de ler.

Prior Incantato - O último livro que você leu
Estou lendo a coleção dos Instrumentos mortais, e terminei o segundo volume ontem. Ligeiramente apaixonada pelo Jace, embora algumas questões do enredo sejam óbvias e me irritem (a não ser que ainda vão me surpreender no decorrer dos próximos volumes, o que duvido, pra falar a verdade.)

Alohamora - Um livro que te apresentou a um gênero que você não tinha considerado antes
Não é que eu não tinha considerado, mas não é meu hábito tampouco: Humans of New York. Fenomenal.

Riddikulus - Um livro engraçado que você leu
Estou rindo várias vezes com a coleção da Cassandra Clare. Conta? Tem pedaços muito bons, sério. O humor do Jace é ótimo, do Magnus também...

Sonorus - Um livro que você acha que todos deveriam conhecer
Acho que em algum momento da vida, todo mundo tem de ler O velho e o mar, do Hemingway. Não gosto dele, inclusive, em vários outros livros. Mas esse acho que traz muitas lições que as pessoas andam buscando em autoajuda, sobre resiliência, sobre foco, sobre laço...

Obliviate - Um livro ou spoiler que você gostaria de esquecer de ter lido
Adoro spoiler, rs, não me incomoda em nada. Livro que eu gostaria de não ter lido? Ah, não sei dizer. Eu não consegui terminar um chamado Being anti social, há umas semanas, e quase nunca faço isso. Serve? 

Imperio - Um livro que você teve que ler para a escola
A moreninha! Era romântico e me surpreendi por ser um livro indicado. E AMEI ler O cortiço (li numa coleção que vinha em alguma revista, mas pediram na escola depois), era tão vivo!

Avada Kedavra - Um livro que pode matar (interpretação livre)
Pra dar uma variada, vou falar do Joe Hill, que me deixou de olhos arregalados muitas vezes (se eu fosse cardíaca, sei não...): 20th Century Ghosts, não sei se tem tradução. (é de contos).

quinta-feira, 10 de julho de 2014

tag

Essa eu 'roubei' do Bookshelf reflections, que por sua vez roubou de um blog fofo (aka temvárias listas chamado Novel heartbeat) (cortei algumas, que já cobrimos por aqui:))
1. If you had all the money in the world, where would you go? (Se você tivesse todo o dinheiro do mundo, para onde iria?) 
To all of the world! Some of the places I've already been to and loved (Italy, France, Spain - only know a fraction of them and am certain I would love all of it) and some I'd love to check out (Portugal, Greece, Ireland, Scotland). Eventually, I might find a magical place with wall to wall books, trees and a river, - and wifi of course - to settle.
Pro mundo todo! Alguns dos lugares pros quais já fui e adorei (Itália, França, Espanha - só conheço uma fração deles e tenho certeza que adoraria o restante) e alguns que adoraria conhecer (Portugal, Grécia, Irlanda, Escócia). No fim, poderia tentar achar  um lugar mágico com paredes cheias de livros, árvores e um rio - e wifi claro - para me acomodar.
2. We all suffer from the-book-is-better-than-the-movie syndrome, but are there any film adaptations that were better than the book? If so, which? (Todos nós sofremos da síndrome o-livro-é-melhor-que-o-filme, mas há alguma adaptação de filmes que foram melhores que o livro? Em caso positivo, quais?)
Not necessarily better, but We need to talk about Kevin had a decent film, and it was a hard one to make.
Não necessariamente melhor, mas Precisamos falar sobre Kevin teve um filme bom, e era algo bem difícil de conseguir.
3. Name five characters of any book, dead or alive, with whom you’d like to hang out with for a day. Cite cinco personagens de qualquer livro, vivos ou mortos, com quem você gostaria de passar o dia.
Lyra Belacqua, (Philip Pullman)
AJ Fikry (ou talvez a Maya, maybe Maya) (Gabrielle Zevin)
Rob (Nick Hornby)
Becky (Sophie Kinsella)
Eva Luna (Isabel Allende)
Jubiaba (Jorge Amado)
5. Who is your ultimate literary crush? Por que personagem literário você tem uma grande 'queda' ?
The Count of MonteCristo is an old fling of mine :P Ah, o Conde de Monte Cristo é tudo, né?
6. Do you prefer hardcovers or paperbacks, and why? Você prefere capas duras ou edições de bolso, e por que?
That depends: if it's a book I'll definitely keep, and a beautiful edition, hardcovers. Otherwise, paperbacks.
Depende: se é um livro que definitivamente vai ficar na estante, e uma edição bonita, capa dura. Caso contrário, edição de bolso.
7. What are your favourite themes when reading fiction? What about non-fiction? Quais são seus temas favoritos ao ler ficção? E não ficção?
Fiction: besides the genres (YA, dystopian, chick lit), right? I think families and relationships, what else? and non fiction, the details of the lives of people who made history (like Olga BEnário Prestes).
Ficção: além dos gêneros (juvenis, distópicos, chick lit), certo? Acho que famílias e relacionamento, o que mais? e não ficção, os detalhes das vidas das pessoas que fizeram a história (como Olga Benário Prestes).
8. Have you learned any valuable lessons when reading certain books? If so, tell me one. Você aprendeu lições valiosas ao ler algum livro? Em caso positivo, conte uma.
I am sure I have, but can't for the life of me remember them now. Maybe how to read people, like Justin March does in Richelle Mead's books, but it's just because I finished the book last night.
Tenho certeza que sim, mas não consigo me lembrar agora. Talvez como é importante ler as pessoas, como Justin March faz nos livros da Richelle Mead, mas acho que é porque terminei o livro ontem.
9. How do you decide which book to read next? Como você decide o que ler em seguida?
Mood, mostly. Sometimes, goodreads, amazon or blogger friends' suggestions.
Meu humor, na maioria das vezes. Algumas vezes, goodreads, amazon ou sugestões de blogueiras :)

quinta-feira, 3 de julho de 2014

DNF (Did not Finish) - os livros não terminados


Dá pra enxergar? Caso não, o link tá aqui: https://www.goodreads.com/blog/show/424-what-makes-you-put-down-a-book
Achei isso tão  legal!
O que faz você largar um livro? Por quê?
Qual o último livro que você largou? Em que momento?

quinta-feira, 26 de junho de 2014

tag literária Não sei o que responder...

Perguntas que me fazem e eu sempre tenho a mesma reação:


1. Que livro te representa? (lembro sempre do Walt Whitman, eu sou uma multidão!)
2. Fala mais sobre esse livro. (Se eu comecei a falar de um livro, já estou gaguejando porque gosto dele (ou o odeio), e se você quer a resenha, é por isso que eu sempre a copio nos links, hahaha! o que eu gostaria de falar sobre ele é o que estou dizendo, pode acreditar)
3. Tem algum gênero que você jamais leria? (eu já li livro espírita, livro erótico, história em quadrinhos, não ficção, ficção, livro de história, poema concreto, poesia clássica... algumas coisas gosto muito mais que outras, mas dá pra saber se não leria alguma coisa?)
4. Que livro você escreveria? (obviamente, o que eu escrevi (publiquei um livro quando adolescente, e uns contos nuns concursos que ganhei). Das obras publicadas? obviamente, isso é uma pergunta bem hipotética né rs? como responder? o quão maluca a pessoa tem de ser pra dizer, ah, eu escreveria facilmente os livros do Harry Potter, .... só não o fiz. afeee rs
5. Que livro você abomina? ok, agora pensando bem, acho que tenho sim uma resposta: o Malleus Malleficarum, o manual da inquisição, que eu tive o desprazer de conhecer ao fazer minha monografia sobre o feminino na faculdade, acho que eu abomino. Mas livros são livros.
6. If you could read only one book for the rest of your life, which one would it be? (Se você pudesse ler um só livro pelo resto de sua vida, qual seria?) (vamos lá: quais seriam as circunstâncias: porque posso escolher pelo humor, por reviver os personagens, pela praticidade (tipo, escolher As obras completas de Shakespeare), porque já reli várias vezes, porque acho que me daria insights, porque na velhice seria fácil de ler... poxa, são muitas variáveis!!!)

Fique beeem à vontade pra tentar responder.

quinta-feira, 19 de junho de 2014

tag literária - fatos e perguntas

Essa 'emprestei' da Maria, do BombuTeco :) Como já falei fatos no primeiro desafio (http://oslivrosdosprazeres.blogspot.com.br/2014/01/desafio-dos-30-dias-dia-2.html), vou só responder às perguntas que a Maria respondeu e que fiquei respondendo sozinha ao ler (Batman, santo egocentrismo...)

1 - Quais são seus escritores favoritos?
Huhu, não tem limite minha gente! Lygia Fagundes Telles, Paul Auster, Clarice Lispector, Jonathan Coe, Sophie Kinsella, Luis Fernando Veríssimo, Roald Dahl, José Saramago, Philip Pullman, Lionel Shriver, Fernando Morais.
2 - Existe um livro em especial que marcou seu início de vício pela leitura?
Me lembro dos livros que li na 3a. e 4a. série e gostei MUITO, porque foi a primeira 'carteirinha de biblioteca' que eu quis fazer. O pássaro azul, O menino do dedo verde. Aí na outra escola, a gente tinha a tal aula na biblioteca e era claro minha coisa favorita: dessa época, lembro do Eramos seis, (e a coleção Vagalume inteira), as coleções do Para gostar de ler (agora pensando bem acho que era meio precoce pra minha idade, mas eu morava em avenida e não tinha muito mais o que fazer além de ficar lendo).
3 - Qual adaptação de livro para o cinema você realmente gostou?
Precisamos falar sobre Kevin, da Lionel Shriver, foi bem fiel. Pesado e triste, mas fiel. 
4 - Você gosta de ler poesia?
Sim, embora não conheça muito.
5 - Existe algum estilo literário que você goste mais?
O tal YA (Young Adult), livros juvenis, acho que nunca cresci. Chick lit, literatura escrita por e para mulheres de 25 a 40 anos, geralmente inglesa, idem. Gosto bastante de livros surpreendentes, como os do Roald Dahl, e de literatura contemporânea, como Lygia, falando de gente que você consegue 'ver'.
6 - Você já perdeu algum livro?
Na empolgação de 'Você TEM de ler esse livro', às vezes empresto uns que não voltam.
7 - Qual é o seu lugar preferido para ler?
Mencionei obsessivamente a poltrona de leitura, e semana passada falei da segunda opção (na página do facebook, a capa é uma foto dela: da rede, olhando para árvores, com som de passarinho).
8 - Você costuma ler ouvindo música?
Não. Fico meio confusa, querendo prestar atenção na música. Muito raramente, música clássica, ou instrumental, se eu estiver muito no clima e combinar com o livro.
9 - Consegue sair de uma livraria sem comprar nada?
hahahaha. Não.
10 - Já deixou de ler algum livro pela capa?
Fico com ódio de capas feias. Acho o trabalho editorial uma das coisas mais lindas do mundo e é uma decepção que ele às vezes fique 'estragado' por isso. Também hoje trabalho numa empresa cuja área de criação é um primor, então presto ainda mais atenção nisso.
11 - Que livro você considera que deve ser leitura obrigatória para todas as pessoas?
Também já cobri esse assunto: sou meio radical, acho que todo mundo devia ter livros como algo prazeroso e não 'desistir', é meio aquilo de criança que não quer tomar banho ou comer, pra mim é igualzinho, rs... não como algo forçado, claro, mas se as pessoas 'acham graça' de os outros 'detestarem' livros ou 'não terem paciencia', que tipo de cidadãos estamos cultivando? fico meio preocupada. Podem ser livros, revistas, gibis, tem tanta coisa por aí! pode inclusive ser internet, mas algo mais dirigido, né? a gente hoje tá muito acostumada a 'scroll down' e pular da página. 
Isso dito, não sei que livro deveria ser obrigatório para todo mundo. Claro que o pensamento vai para literatura clássica, mas devo confessar que a primeira vez que li O velho e o mar ou Dom casmurro, adolescente ainda, eu não estava pronta e não gostei. Só achei absolutamente maravilhosos (e chorei, e comprei pra dar de presente) depois dos 20 anos. O que eu acho então é que tinha de ser obrigatório todas as pessoas lerem alguma coisa, rs, mesmo que seja literatura mais 'pobre' (tenho algumas coisas na cabeça quando digo isso, mas não vou expressá-las), porque ler é ler. 

sexta-feira, 13 de junho de 2014

tag literária - book blogger (blogueiro de livros)

Esse eu peguei do Aeropapers, um blog bem fofinho que eu gosto, e eles pegaram de alguém também: http://bookish.skycircus.org/2014/06/03/the-book-blogger-test/ Me pediram que mantivesse em inglês e português, então perdoem as versões toscas.




What are your top three book pet hates? (Quais são as três coisas que você mais odeia em termos de livros?)
  • Deceiving book jackets (contracapas enganadoras).
  • The amount of time it takes between book series. (a quantidade de tempo que demora às vezes entre os volumes de séries).
  • Paying a lot of Money for a book just because of taxes, and not because it is pretty and a carefully designed edition. (pagar muito dinheiro por um livro somente pelos impostos, e não por ser uma edição bonita e cuidadosamente desenvolvida).
  • The covers for the alleged erotica. (as capas dos livros ‘sexy’).

Describe your perfect reading spot. (Descreva seu lugar perfeito para ler).
  • Já falei dele aqui: http://oslivrosdosprazeres.blogspot.com.br/2014/04/tag-literaria.html. Fora da poltrona mágica, acho que uma rede, um lugar que tenha vista para árvores.
  • I've mentioned it before: http://oslivrosdosprazeres.blogspot.com.br/2014/04/tag-literaria.html. Aside from this seat, I guess a hammock, and anywhere where I can raise my eyes and see trees.

When was the last time you cried during a book? (Qual foi a última vez que você chorou lendo um livro?)
 
  • Just last week, reading Gabrielle Zavin’s The storied life of AJ Fikry… can’t say why because it would be a spoiler, but I did cry more than once…
  • Semana passada, lendo A vida do livreiro AJ Fikry, da Gabrielle Zavin… não posso dizer porquê porque acho que revelaria algo sobre o livro, mas devo dizer que chorei mais de uma vez...
How many books are on your bedside table? (Quantos livros estão na sua mesa de cabeceira?)
  • At least six, right now, because I have this stupid rule that only makes me suffer that won’t allow them to go to the bookshelves until they are read.
  • No mínimo seis nesse momento, porque eu tenho essa regra idiota que só me faz sofrer de não permitir que eles vão para as estantes até que sejam lidos.
What is your favourite snack whilst your reading? (O que você gosta de comer enquanto lê?)
  • To tell you the truth, I like having things to nibble, but rarely do I actually eat them: I find it distracting or dangerous (they can stain my kindle or the book pages!). What I absolutely need is water.
  • Pra falar a verdade, eu gosto de ter umas opções de coisinhas pra beliscar, mas raramente as como: acabo achando que elas me distraem ou são perigosas (podem manchar o kindle ou as páginas do livro!). O que eu não posso ficar sem é água.
Name three books you would recommend to everyone. (Cite três livros que você recomendaria para todo mundo).
  • I am under the impression that I answered that question already at some point, but here it goes: I think most people would have fun with the Verissimos (the father, Erico, with O tempo e o vento, or Olhai os lirios do campo, or Clarissa; the son, Luis Fernando, with the Comédias da vida privada).  I think short stories are a good way of ‘enticing’ new readers, so maybe the Para gostar de ler anthologies, or, within a certain genre, Roald Dahl’s ones are absolutely amazing. And there I go, there are four suggestions already.
  • Tenho a impressão de já ter respondido essa pergunta em algum momento, mas lá vai: Acho que a maioria das pessoas se divertiria com os Verissimos (o pai, Erico, com O tempo e o vento, ou Olhai os lírios do campo, ou Clarissa; o filho, Luis Fernando, com comédias da vida privada). Acho que contos são um bom jeito de ‘seduzir’ novos leitores, então talvez as coleções do Para gostar de ler, ou, dentro de um certo gênero, mais maduro, os contos do Roald Dahl são absolutamente fantásticos. E pronto, já dei quatro sugestões!
Show us a picture of your favourite bookshelf on your bookcase. (Mostre uma foto da sua prateleira favorita na sua estante).
  • It’s the shelf with the Kinsellas, I think. The books are all colorful and cute, and match. But don’t make me choose one, it’s worse than choosing one of my cats.
  • Acho que é a prateleira das Kinsellas, com os livros coloridos e fofos, combinando. Mas não me faça escolher uma, é pior que escolher uma das gatas.
Write how much books mean to you in just three words. (Escreva o que livros significam para você em somente três palavras).
My first love. Meu primeiro amor.

What is your biggest reading secret? (Qual o seu maior segredo como leitora?)
  • Certainly, the fact that I read the endings first – and it never makes me like the book any less. Maybe also the fact that I fall in love with the whole concept of the book, so sometimes I don’t even remember the characters’ names, just the way the book made me feel.
  • Com certeza, o fato de ler os finais primeiro – e isso nunca me fazer gostar menos do livro. Talvez também o fato de que eu me apaixono pelo conceito inteiro do livro, então às vezes não me lembro sequer dos nomes dos personagens, somente do jeito que o livro me fez sentir.